Notícias

Resíduos sólidos: deputado federal Raimundo Santos alerta para ‘dívida social’ nas áreas da saúde pública e ambiental

Manifestação do parlamentar ocorreu na primeira reunião da comissão que aborda transição energética, da qual é membro titular

O deputado Raimundo Santos (PSD-PA) participou hoje (6/2) da primeira audiência pública da Comissão Especial para Estudo das Iniciativas para a Transição Energética após o início dos trabalhos do segundo ano da 57ª legislatura da Câmara dos Deputados, que apresentou como tema “Inserção do Biogás/Biometano na Matriz Energética Brasileira”.

Titular da comissão, que é presidida pelo deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), o congressista paraense concordou com o que afirmou um dos especialistas participantes, Pedro Maranhão, presidente da Associação Brasileira de Resíduos e Meio Ambiente (Abrema), de que há uma “dívida social” no País com relação à saúde pública e ambiental quanto à destinação dos resíduos sólidos. Mais que concordar, o parlamentar foi contundente.
“Todos os entes federativos, sem faltar um, nós temos uma dívida com a população em cada município, em cada Estado (…) [com] a existência ainda de lixões que estão por toda parte, prejudicando a saúde, prejudicando a própria economia, o lixo sendo jogado a céu aberto, contaminando mananciais, contaminando o ar, contaminando vegetação”, enumerou.

“Lá mesmo no meu Estado, temos o lixão que foi encerrado em 2015, mas foi criado com muitas deficiências técnicas, o aterro sanitário de Marituba, e 500 mil toneladas são ali despejadas por ano, mais ou menos, e vai fechar, já há três anos que era para ter fechado, e está se debatendo onde colocar [os resíduos sólidos] – ninguém quer, ninguém quer. Então esse é um tema central a ser debatido também por essa comissão”, pediu.
Raimundo Santos iniciou a sua manifestação cumprimentando o presidente do colegiado, Arnaldo Jardim. “Não queria perder a oportunidade de saldar Vossa Excelência no retorno da nossa comissão, que eu tenho dito aqui nessa Casa que é uma das mais importantes comissões, atualíssima, e hoje o tema da ‘Inserção do Biogás/Biometano na Matriz Energética Brasileira’ tem tudo a ver com a essência do que discute essa comissão”, afirmou.
“Eu quero saldar Vossa Excelência e dizer que no ano passado foi uma honra ser presidido por Vossa Excelência aqui, e quero continuar aprendendo nessa comissão, como muito aprendi hoje, não somente por aquilo que falaram os oradores com conhecimentos técnicos, conhecimento e vivência empresarial, mas pela realidade até política”.

Ao final da intervenção, o deputado paraense voltou a destacar a liderança de Arnaldo Jardim nos trabalhos. “Presidente, muito obrigado, é uma alegria, um regozijo estar de volta sob o comando de Vossa Excelência, sempre com uma visão de águia, vendo lá muito na frente, e eu aqui vou sendo conduzido por Vossa Excelência, aprendendo e disposto a contribuir com o Brasil”.

Arnaldo Jardim, ao retomar a palavra na audiência, agradeceu e destacou a representatividade do orador: “Muito obrigado, deputado Raimundo Santos. O deputado Raimundo Santos, todos sabem, foi o protagonista de um dos encontros mais importantes dessa comissão, que foi realizado em Belém do Pará, com uma participação muito ativa da sociedade, de todas as instâncias, órgãos de pesquisa”, recordou ele, sobre a mesa redonda ocorrida em 18 de setembro de 2023 na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) com o tema “Transição Energética – Fontes Renováveis e Produção de Hidrogênio”. A programação foi sugerida pelo deputado Raimundo Santos e aprovada de forma unânime no colegiado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo