A votação surpreendente do delegado federal Eguchi superou as grandes forças políticas tradicionais no primeiro turno

O patriota apresenta um tributo. de gratidão a Deus e ao povo de Belém pelos 364.095 votos do seu candidato a prefeito, quase a metade dos votos válidos neste segundo turno.
A candidatura do Delegado Federal Everaldo Eguchi, que deixou de ser eleito por uma diferença de 3,52%, mostrou a força do engajamento popular buscando a verdadeira mudança de ideias e de rumos em benefício de Belém. Foi emocionante ter eleitor voluntário, eleitor fazendo a bandeira, eleitor dando o seu apoio incondicional nas ruas.

O sentimento não é de derrota, mas de vitória, e o patriota faz nascer um novo marco na política paraense, pois, com honra, somos uma legenda que não fugiu dos próprios princípios e valores, que não se deixou cooptar, que dispensou fundo partidário e fundo especial de campanha, apenas apresentando os ideais de amor a Deus, a defesa da família, da pátria e do desenvolvimento sustentável para a melhoria da qualidade de vida do povo de nossa capital.

A votação surpreendente do delegado federal Eguchi superou as grandes forças políticas tradicionais no primeiro turno, e chegou perto da vitória no segundo turno, fazendo cair por terra as pesquisas enganosas que foram publicadas na véspera. A Deus eternamente glória, porque Dele, por ele e para ele são todas as coisas!