Notícias

Parlamentar missionário pede jejum e oração para o Pará e todo o Brasil

Raimundo Santos abriu sequência de palestras em conferência da Missão da Cidadania da Assembleia de Deus

O deputado Raimundo Santos (Patriota) foi destaque como primeiro palestrante da Conferência da Cidadania – Desafios, Realidade e Expectativas, realizada hoje (5 de fevereiro) pela Missão da Cidadania da Assembleia de Deus, coordenada pelo pastor Alessandro Miranda.

Na presença do pastor Samuel Câmara, presidente da igreja, do pastor Philipe Câmara, do Templo Central, além de centenas de líderes e membros assembleianos, bem como do deputado federal Sóstenes Cavalcante, novo líder da bancada evangélica no Congresso Nacional, do desembargador, professor e escritor William Douglas (foram os outros dois conferencistas convidados), e do secretário adjunto da Secretaria Executiva de Ação da Cidadania (Seac), Raimundo Santos Júnior -, o parlamentar, considerado um missionário e referência política na Assembleia Legislativa (Alepa), fez explanação  sobre cidadania, direitos e garantias fundamentais que constam na Constituição Federal.

Com base nessas referências, ele falou acerca dos direitos sociais, políticos, a soberania e a dignidade da pessoa humana.
Em sua manifestação, lembrou de pronunciamento feito em 1995, cumprindo um de seus três mandatos na Câmara Federal, segundo o qual “nem uma instituição recupera mais vidas que as igrejas evangélicas”.

Raimundo Santos informou que a própria Reforma Protestante de Martinho Lutero no século XVI proporcionou o combate ao monopólio religioso buscando a liberdade de manifestação, a cidadania e, segundo frisou,  o “amor ao próximo”.
O palestrante discorreu também sobre os enfrentamentos de seus oito mandatos em mais de 30 anos de vida pública, três dos quais na Câmara dos Deputados, cinco como estadual, convivendo com a intolerância religiosa no período de 1987 a 1991; as ideologias contrárias aos valores cristãos de 1991 – 2011; e a interferência do Poder Judiciário, do ano de 2011 até agora, em 2022.

Ao governador Helder Barbalho e ao público, ele lembrou que no ano passado representou a Alepa na 24.ª. Conferência da União Nacional dos Legislativos e Legisladores Estaduais (Unale), no Mato Grosso, reconhecida como a  mais tecnológica da entidade, em que a parceria do Parlamento estadual e governo do Pará em iniciativas de combate à pandemia do novo coronavírus foi destacada, entre diversas ações empreendidas de forma conjunta em respeito à cidadania.
No final de sua palestra, fiel aos seus princípios espirituais, Raimundo Santos propôs que em todas as fases das eleições majoritárias de 2022 a Assembleia de Deus lidere um movimento para a prática do jejum e oração no propósito da construção de um novo momento político e social no Estado do Pará e no Brasil.

Assessoria Parlamentar

Assessoria Deputado Raimundo Santos. Rua do Aveiro, Praça Dom Pedro II, 130 – Cidade Velha, Belém – PA, 66020-240 (91) 3213-4200 (91) 3213-4478

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo