Raimundo Santos homenageia os contadores do Pará na Alepa

WhatsApp Image 2019-12-09 at 12.10.53

Profissionais da área contábil, que exercem atividades no Pará, foram homenageados em Sessão Solene realizada na manhã desta segunda-feira (09/12), na Assembleia Legislativa do Estado do Pará, por propositura do requerimento do Ouvidor Geral do Poder Legislativo, deputado Raimundo Santos, em alusão ao Dia do Contador, comemorado anualmente no dia 22 de setembro.

SantosPresidida pelo proponente, o deputado o Raimundo Santos destacou em pronunciamento a importância do profissional para a organização financeira das instituições.

“O profissional de contabilidade é fundamental para a prospecção futura de cunho orçamentário para orientar o setor jurídico, econômico e administrativo das instituições públicas e privadas. A sessão solene é uma valorização desta Casa de Leis à categoria e aos profissionais que trabalham para a ordem econômica e organização das finanças em favor das empresas e da sociedade”, ressaltou o parlamentar.

O profissional da contabilidade é de extrema importância para o bom funcionamento de empresas públicas e privadas. Entre as suas funções, atuam desde a abertura de empresas, consultoria e no desenvolvimento do planejamento financeiro e fiscal, visando o melhor sistema de tributação para organização financeira da instituição com constante monitoramento das finanças e do mercado.

A presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Pará (CRC-PA), Ticiane Lima dos Santos, fez referência à contribuição do profissional para o desenvolvimento.

“O dia ficou marcado por essa homenagem feita pela Alepa que busca valorizar o profissional de contabilidade. É esse profissional que contribui diretamente para o desenvolvimento econômico, social, financeiro e ambiental. É importante perceber o quanto é fundamental a orientação do profissional de contabilidade para a tomada de decisão dos governos e empresários e de toda a classe que dirige e contribui para o crescimento do Pará e do país”, evidenciou.De acordo com informações do CRC-PA, o Pará conta atualmente com 11. 700 profissionais de contabilidade em atividade. Nesse mercado, 51% são de mulheres que desafiaram o preconceito de uma profissão considerada masculina.

A deputada Nilse Pinheiro, titular da Procuradoria Especial da Mulher na Casa de Leis, enalteceu a presença da mulher profissional na área contábil.

“Tenho respeito pelas mulheres que trabalham com a contabilidade no Pará. Quero aqui parabenizar as mulheres que desenvolvem um trabalho de excelência no Conselho Regional de Contabilidade e que prestam orientações na área econômica e com a capilaridade de nortear as decisões futuras das instituições e têm responsabilidade com o patrimônio das empresas, mas com o patrimônio da sociedade também”, disse.   O plenário Newton Miranda ficou lotado de profissionais de contabilidade. Dentre eles destaca-se o contador Raimundo Vieira dos Santos, de 80 anos de idade e 49 deles dedicados à atividade contábil. Ele foi um dos homenageados com Diploma Especial em reconhecimento ao desempenho pela atuação profissional. Em quase meio século de profissão, ele revelou o início da carreira e como a tecnologia vem contribuindo para facilitar os trabalhos.

Santos“Essa homenagem é um importante reconhecimento. Me lembro que na época em que escolhi essa profissão era tudo mais difícil, apesar de ter pouca concorrência. Hoje, com as novas tecnologias, é mais fácil e rápido realizar as atividades. Fico feliz em ver que a profissão que escolhi ainda é valorizada em meio à modernidade”, comentou o homenageado.

SantosTambém prestigiaram a solenidade a Auditora Geral do Estado, Luciene Silva Nunes; Vice-presidente de Administração, Antônio Carlos Sales Ferreira Junior; Ex-presidente do CRC- Pará, Pedro Henrique Ribeiro Araújo; Presidente do Sindicato dos Contadores do Pará – Sescom, Mário Elísio de Melo Gusmão e o Conselheiro e idealizador da Sessão Solene, Elleri Bogo.

Dia do Contador 

O Dia do Contador foi criado em 22 de setembro de 1945, por meio de Decreto-lei nº 7.988, assinado pelo Presidente Getúlio Vargas, quando foi oficializada a criação do primeiro curso superior em Ciências Contábeis na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).  Antes disso, havia no país apenas dois cursos técnicos: de Contabilidade e o de Contador, mas sem validade como ensino superior.

Por Mara Barcellos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.